Os mistérios ocultos nos leques!

Olá! quanto tempo eu não vinha aqui fazer partilha com vocês. Ano de Marte nos coloca em um lugar de aceleração, que o Orai e Vigiai se tornam nossos melhores amigos.


Estava louca pra retomar a prática de escrita, e hoje acordei sentindo de partilhar com vocês um acesso que tive em um trabalho espiritual no final de semana passado.


Na verdade, tudo isso começou quando fui á uma cerimonia onde estavam celebrando o dia de Santa Sara Kali, coincidencia (ou não, pois não acredito), no dia do trabalho, eu levei um leque, porque muitas vezes esse local fica cheio e acaba ficando muito calor.


Neste dia me conectei pela primeira vez com os mistérios que o leque carrega, tive uns processos desafiadores ao longo dessa cerimonia e percebia que sempre que me abanava com o leque, o mal estar passava e eu podia voltar a dançar no ritmo da cerimonia. Minha mente racional, de quem tem uma lua em virgem, logo associou a ter sido ventilada e que óbviamente o ar no rosto que me fizera ter melhorado tão rápido.


Mesmo o mental ter respondido com tanta firmeza sobre a melhora mágica, perpetuou na minha cabeça a ideia de me conectar com o leque mais vezes, inclusive acabei comprando um segundo leque.

Foi na cerimonia passada, quando eu já estava a uns 30km de casa que percebi que havia esquecido em casa. De uma forma estranha, me gerou uma ansiedade e inquietação, e eu repetia a mim mesma: é só um leque e está tudo bem.


Chegando no local, iniciado o trabalho espiritual o que é a primeira coisa que senti de pegar? O bendito leque!


Mas eu não tinha levado, o que poderia fazer? Foi quando vi que uma querida amiga estava com o dela na bolsa e fui logo pedir emprestado, já que estava sentindo os mesmos processos passados.


O leque dela era branco, e carregava consigo uma sabedoria amorosa e delicada, comecei a compreender que em minhas mãos eu tivera mais que um abanador. Ali se ocultavam mistérios ancestrais.

Tive diversos acessos em relação a eles, que logo contarei pra vocês. Mas hoje, antes de escrever esse texto resolvi fazer uma breve pesquisa, pra ver se alguém já tivera essas mesmas perspectivas que eu.


Então aprendi que o leque se popularizou de Portugal á Europa no século XV, onde além de um abanador, as mulheres usavam como uma forma de comunicação com os crushsss. Isso mesmo, o leque sendo abanado devagar acima dos seios, mostrava que ela estava solteira. Se abanasse rapidamente na altura dos seios, era comprometida. Se passasse a mão no leque fechado, ela queria falar com a pessoa a qual olhara. Entre outras diversas formas de comunicação com apenas um leque.


Pode ser aí que tenha começado a despertar o potencial mágico que os leques carregam consigo mesmo. Minhas impressões no trabalho passado, foi justamente que havia uma energia que se manifesta no leque, e sim, cada um tem uma personalidade. Enquanto olhava o leque da minha amiga que eu estava nas mãos e que me cuidara com tanto vigor, era quase como se tivesse um rosto me olhando e falando: Fique tranquila, estou fazendo um bom trabalho, logo passará.

Entendi que o mistério dos leques, está em direcionar, limpar e movimentar a energia. Podendo ser usado para afastar maus pensamentos, raiva, medo, ou até mesmo energias negativas da sua casa ou ambientes.


Você pode entrar em conexão com ele, e consagrar para determinada coisa. Ou simplesmente, não criar um sentimento de posse e sentir qual o papel dele na sua vida.


Nas minhas pesquisas de mais cedo, descobri que as mulheres ciganas usavam na ancestralidade o leque justamente para esse fim, até mesmo em suas danças.


Tudo no universo é sagrado e tudo tem um propósito, se estivermos atentos e alinhados, conseguiremos perceber a sacralidade e função de cada ser (me nego chamar de coisa ou objeto, algo que possui tanta sabedoria e carinho).


Os mistérios do universo, são infinitos. Se não conhece ou reconhece, apenas respeite cada coisa, ser ou pessoa.


Tenha carinho e amorosidade com suas coisas, tudo possui energia e funções nesse grande giro que é o universo. Se algo não for mais útil pra você, passe pra frente. Ás vezes, pode promover curas inacreditáveis em outro irmão de jornada.


Muita gratidão por esse acesso, e não largo mais meu leque!!!

Muita cura, muito amor, muita consciência e conexão ancestral. HAUX HAUX


Com amor, Gi Crizel


Atenção: A reprodução parcial ou total deste texto sem os créditos é PROIBIDA e protegida por LEI. Entre em contato para maiores esclarescimentos.

  • Instagram
  • Facebook ícone social

Se conecte comigo

Click nos icones

© 2020  Copyright Gi Crizel - Todos os direitos reservados